ESPIRÍTOS FAMILIARES - Ian Clayton - Dimensões do Reino -Vol 2 Cap 3 Completo

Atualizado: 12 de jun.

Por Rosaine Dalila Scruff

Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos? (Isaías 8: 19)


Então serás abatida, falarás de debaixo da terra, e a tua fala desde o pó sairá fraca, e será a tua voz debaixo da terra, como a de um que tem espírito familiar, e a tua fala assobiará desde o pó.

(Isaías 29: 4)


E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu. (Atos 16: 16,18)


Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. (Gálatas 2: 20)


CONTEÚDO DO VÍDEO:
  • Discernindo as vozes de espíritos familiares - 07:31

  • Feitiçaria - 10:41

  • Falsificador do ESPÍRITO SANTO - 17:55

  • Como identificar os efeitos de espíritos familiares - 22:35

  • Mentoria de discipulado - 28:10

  • Dopamina - 29:30

  • Auto-piedade / autocomiseração / do de si mesmo - 32:12

  • Falsos altares - 37:48

  • Aparências provocantes - 42:16

  • Lutando contra esses espíritos - 44:18

  • Possuindo a Terra - 46:12

  • Sentado em lugares celestiais - 53:45

  • Ativação - 01:00:52

DISCLAIMER: This is a non profit video. Site oficial do Ian Clayton: https://www.sonofthunder.org/


• VERSÍCULOS BÍBLICOS RELACIONADOS COM O VIDEO:

1 Sam. 28: 8-11, Isaías 8: 19, João 10: 1-5, 10, Efésios 5: 25, Levítico 19: 31, Hebreus 9: 27, Levítico 20: 27, Lucas 11: 21-22, João 14: 26, Efésios 6: 11, 2 Coríntios 4: 4, Lucas 11: 24-26, Apocalipse 12: 10, João 16: 8-9, 1 João 1: 7, 1 João 4: 1, Oséias 2: 14, Isaías 41: 18, 1 Coríntios 10: 13, João 16: 33, Deuteronômio 11: 8

→No final do post se encontra o texto completo dos versículos


* YHWH - é o tetragrama que na Bíblia hebraica indica o nome próprio de Deus. As quatro letras do alfabeto hebraico que compõem este tetragrama são י, ה, ו, e de novo ה.
As quatro letras do alfabeto hebraico que compõem este tetragrama(escritas da direita para a esquerda) são י (yod), ה (he), ו (vav, chamada também waw), e de novo ה (he). יהוה (transliterado como YHWH)

Leitura do Livro Dimensões do Reino - Volume 2 CAPÍTULO 3

ESPÍRITOS FAMILIARES


A palavra "familiar" significa: estar profundamente familiarizado com, estar bem conhecido, por ser íntimo ou excessivamente informal. A palavra hebraica que é usada na Bíblia para descrever um espírito familiar é pronunciada “obe”. E se for traduzido para o inglês significa uma garrafa de couro.

A Concordância Strong em hebraico (178) é transliterada e pronunciada como ob, pronunciada obe, que ocorre 17 vezes na Bíblia, pode significar garrafa feita de pele de animal, ou espírito familiar / médium ou alguém que é necromante.

Essas garrafas de couro eram muito flexíveis, para que pudessem caber em áreas escondidas da mochila de uma pessoa e se moldaria em torno de suas costas sem causar-lhes dano ou aparecer do lado de fora. Essas garrafas de couro eram projetadas para serem carregadas no deserto em regiões realmente secas para que a pessoa tivesse água para beber. Elas se conformavam com várias formas estranhas e podiam ser comprimidas em pequenos cantos e recantos escondidos para serem escondidas ou carregadas em lugares que as tornava muito difíceis de encontrar, especialmente se as pessoas estivessem indo para a guerra, para que no campo de batalha eles tivessem uma maneira de armazenar a água essencial.

Uma garrafa de couro que era usada para transportar a água essencial e estaria sob uma cobertura protetora, que o inimigo não seria capaz de chegar nela. Da mesma forma em nossas vidas, quando um espírito demoníaco se apega à nossa alma, como um espírito familiar, eles vêm e se fixam no fundo de nossas almas com uma enorme cobertura sobre eles que impede YHWH de acessar essas áreas em nós. Muitas vezes, quando estamos em lugares secos, bebemos de outras fontes que estão fora da presença de Deus e o lugar onde podemos nos conectar com a glória de Deus em nosso espírito.

Só para lhe dar algumas informações, um espírito familiar é um tipo particular de espírito e é assim chamado por causa de sua característica principal: a familiaridade com uma pessoa, seu pecado e seu comportamento. Muitas vezes, em um relacionamento, a partilha de áreas íntimas através da comunicação entre si formam um vínculo que cresce entre duas pessoas. Um espírito familiar se liga a nós da mesma forma tornando-se familiar. Este espírito demoníaco se liga à própria natureza da alma de uma pessoa, através das lutas da vida, através do pecado repetitivo e oculto, através de padrões de pensamento, entrando nas áreas íntimas ocultas de nossas vidas.

Eles sempre permanecerão no escuro, mas estarão pessoalmente envolvidos na vida de uma pessoa. Porque a principal característica de um espírito familiar é o meio de comunicação, tais espíritos familiares muitas vezes falam conosco através do nosso pensamento, vida e imaginação. Muitas vezes, eles vêm com os pequenos sussurros que nós ouvimos. Pequenos sussurros que são assim: "Eles realmente não gostam de você, não é mesmo? ”,“ Ela realmente te odeia ”ou“ Você não sabia que sua mãe não gostava de você?"

Espíritos familiares querem permanecer escondidos dentro de nossas vidas para que possam influenciar-nos e sentar-se naquele lugar de nossa necessidade para que possamos beber de sua fonte de água e da facilidade de seu pecado e seu poder. Naquele lugar, enquanto bebemos deles, descobrimos que nos conectamos e realmente ficamos amarrados a eles. Então, ao invés de encontrar a voz de YHWH e ser capaz de liberar Sua vida e Seu Espírito ao nosso redor, liberamos algo mais e vem dos apegos de espíritos familiares ao longo de nossas vidas.

“Algumas pessoas dizem:“ Pergunte aos médiuns e videntes [necromantes; espíritas], que sussurram [ou gorjeiam] e murmuram [usando encantamentos para chamar espíritos para cima; 1 Sam. 28: 8-11] ”

Mas eu digo a você que as pessoas deveriam pedir a ajuda ao seu Deus ”(Isaías 8:19).

Esses espíritos familiares fornecem informações. Eles são chamados de espíritos familiares porque sua principal característica é a conexão relacional com informações sobre sua vida. Muitas vezes temos a familiaridade e a proximidade de um relacionamento com esses espíritos demoníacos que se alojam dentro de nossa alma e conectam-se a nós, influenciando a maneira como pensamos e nos comportamos. Muitas vezes eles podem ser a força motriz por trás dos ciclos de pecado repetitivos. Onde há má conduta sexual ou conexão sexual fora do casamento, espíritos familiares demoníacos alojam-se nessas áreas de nossas vidas e nos levam à promiscuidade.

Espíritos familiares nos levam à conexão sexual e então nossa alma fica ligada a alma da pessoa. À medida que somos levados a uma conexão errada com pessoa após pessoa, nossa alma se espalha e esses espíritos demoníacos se prendem a essa dispersão de nossa alma, nos impedindo de sermos capazes de formar um profundo comprometimento e conexões adequadas com YHWH ou com aquele com quem fomos designados a nos casar.

Espíritos familiares alojam-se profundamente dentro de nós e muitas vezes nem mesmo sabemos eles estão ali. A única maneira que comecei a reconhecê-los foi quando comecei a

desafiar as vozes que eu ouviria dentro de mim.

Discernindo a voz de espíritos familiares

Para identificar a voz de um espírito familiar dentro do seu cérebro se pergunte:

1) Produz vida?

2) Existe amor na voz?

3) É centrado em YHWH e centrado na Palavra?

Se a resposta for não a cada uma dessas perguntas, então a voz tem suas raízes na voz de um espírito familiar. Esses espíritos familiares estão frequentemente anexados às áreas de pecado em que vivemos.

Eles são controladores que encorajam e formam as cadeias ou fortalezas que vão sendo estabelecidas para um certo padrão de pecado ou uma inclinação para um certo tipo de pecado. Eles são ativadores íntimos, tentando o indivíduo a cair em pecado ou ceder a um tipo particular de natureza pecaminosa. Essas coisas entram em nosso espírito e se alojam ali, nos fecham e nos amedrontam. Muitas vezes são eles que dizem coisas como: "YHWH não vai aceitar você, você é um pecador. Você caiu em pecado ontem, como você acha que o PAI se sente sobre você ficar fazendo isso de novo e de novo e vez após vez, você sabe que Ele não te ama porque você faz isso."

Você já teve pensamentos assim? A questão não é que eles assaltem a sua vida; o problema é a maneira como você responde a eles. Eventualmente você pode silenciar a voz de um estranho, e é isso que eles são. Eles são vozes estranhas no redil dentro de sua própria alma que falam com você, fazendo afirmações fora da presença da glória e do poder de YHWH,

“Em verdade, eu digo a você, aquele que não entra no aprisco das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lado, o mesmo é um ladrão e um salteador. Mas aquele que entra pela porta é o pastor das ovelhas. Para ele o porteiro abre, e as ovelhas ouvem sua voz; e ele chama suas próprias ovelhas pelo nome e as leva para fora. E quando ele traz suas próprias ovelhas, ele vai na frente delas; e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. No entanto, elas não vão seguir um estranho, mas fugirão dele, pois não conhecem a voz de estranhos ... O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida, e que a possam ter mais abundantemente ”(João 10: 1-5, 10).

Eu realmente quero expor essas coisas porque muitos cristãos ouvem a voz de espíritos familiares e não sabem como silenciá-los ou desliga-los no mundo espiritual para que possam começar a ouvir ativamente o voz de YHWH falando com eles de maneira correta.